Menu


Bom galera após a saída da Libertadores do PES, a licença do torneio se foi devido ao escândalo de corrupção que assolou a Conmebol. Uma matéria do site ABC Color dá detalhes dessa treta.


Para começar, o site teve acesso a documentos exclusivos que mostram que os direitos da Confederação de Futebol da América do Sul (Conmebol) para o uso da “Copa Libertadores” no Pro Evolution Soccer estavam nas mãos do atual presidente do Paraguai, Horacio Cartes Manuel Jara, na época da FIFAgate (escândalo de corrupção na FIFA).


De fato, em 2010, quando ele ainda não tinha chegado à Presidência e era conhecido mais como um empresário do futebol, Horacio Cartes, através da empresa Soccer Marketing & Sports Trade SA, assinou um acordo com o então presidente CONMEBOL, Dr. Nicolás Leoz (agora em prisão domiciliar devido a FIFAgate) para adquirir a licença para reproduzir em videogames a Copa Libertadores. O acordo ia de fevereiro de 2010 a julho de 2013.

No mesmo acordo consta que a Soccer Marketing & Sports Trade SA tem como cliente a Konami, desenvolvedora do PES, ou seja, a empresa de Cartes agiu como simples intermediária no negócio.

O acordo entre Soccer Marketing e a Conmebol futebol era de US $ 3 milhões (quase US $ 1 milhão por ano), a serem pagos em parcelas de US $ 250,000 a cada três meses, a partir de Julho de 2010 a Julho de 2013.

Agora, todos os contratos da Conmebol estão sob auditoria, a mando do atual presidente da entidade, Alejandro Domínguez. Por isso, enquanto essa investigação rolar, dificilmente veremos a Copa Libertadores em jogos de futebol.

Acompanhe o site e canal MOZUKA GAMES, aqui tem sempre noticias e novidades sobre o PES entre outros jogos, e é claro notícias de futebol também.

PORQUE A LIBERTADORES NÃO ESTÁ NO PES 2017 E NÃO ESTÁ CONFIRMADA PES 2018


Bom galera após a saída da Libertadores do PES, a licença do torneio se foi devido ao escândalo de corrupção que assolou a Conmebol. Uma matéria do site ABC Color dá detalhes dessa treta.


Para começar, o site teve acesso a documentos exclusivos que mostram que os direitos da Confederação de Futebol da América do Sul (Conmebol) para o uso da “Copa Libertadores” no Pro Evolution Soccer estavam nas mãos do atual presidente do Paraguai, Horacio Cartes Manuel Jara, na época da FIFAgate (escândalo de corrupção na FIFA).


De fato, em 2010, quando ele ainda não tinha chegado à Presidência e era conhecido mais como um empresário do futebol, Horacio Cartes, através da empresa Soccer Marketing & Sports Trade SA, assinou um acordo com o então presidente CONMEBOL, Dr. Nicolás Leoz (agora em prisão domiciliar devido a FIFAgate) para adquirir a licença para reproduzir em videogames a Copa Libertadores. O acordo ia de fevereiro de 2010 a julho de 2013.

No mesmo acordo consta que a Soccer Marketing & Sports Trade SA tem como cliente a Konami, desenvolvedora do PES, ou seja, a empresa de Cartes agiu como simples intermediária no negócio.

O acordo entre Soccer Marketing e a Conmebol futebol era de US $ 3 milhões (quase US $ 1 milhão por ano), a serem pagos em parcelas de US $ 250,000 a cada três meses, a partir de Julho de 2010 a Julho de 2013.

Agora, todos os contratos da Conmebol estão sob auditoria, a mando do atual presidente da entidade, Alejandro Domínguez. Por isso, enquanto essa investigação rolar, dificilmente veremos a Copa Libertadores em jogos de futebol.

Acompanhe o site e canal MOZUKA GAMES, aqui tem sempre noticias e novidades sobre o PES entre outros jogos, e é claro notícias de futebol também.

Nenhum comentário